sexta-feira, 18 de junho de 2010

A culpa é da mãe!


Já ouvi várias pessoas afirmarem que os bebês, até os três meses de vida, não conseguem perceber sua individualidade, são como uma extensão do corpo da mãe, não sabem onde termina um e começa o outro, etc. Pode até ser, mas, a cada dia que passa, estou mais convencida de que, na verdade, é o contrário. São as mães que, depois de nove meses com seus bebês na barriga, fabricando-os, dão `a luz a um ser humano que é fruto da sua carne, e não conseguem separar muito bem as coisas. É claro que nós, mães, sabemos que não se trata de um único ser, mas é como se fosse. Por exemplo, se a Gigi chora (por qualquer motivo), eu fico triste. Se ela está feliz, assim também estou eu. Se seus gritinhos incomodam alguém, sinto-me como se eu estivesse sendo inconveniente. Se tem dor de barriga, parece que a culpa é minha (devo ter comido algo que lhe fez mal!). Se não tem sono, a culpa é minha de novo (será que não devia ter levado ela pra casa da minha mãe? Tinha muita gente lá...).
É esse senso de responsabilidade (pra não dizer culpa) que nos confunde, que não nos deixa perceber que somos dois, apesar de estarmos vivendo essa simbiose por enquanto...

2 comentários:

isaac lourenço disse...

culpa, culpa não é! mas é um sentimento de esta fazendo algo de errado... e vc esta certa quando fala que são as mães que não sabe onde termina o seu corpo e onde começa o do bebê, pelo costume de ter passado 9 meses com ele! =D
mas isso é bom, é prova que vc e o bebÊ de alguma forma estão ligados!
E que ele vai ter a maior confiança em você quando ele estiver maior, e quando estive aprendendo a andar, vai querer se soltar do nada, so pq vc esta por perto, dai vc leva alguns sustos pensando que ele vai cair no chão e se machucar, e quando ele olhar para vc e te der um sorriso, vc vai sorrir também! pode ter certeza! =D
bjuss

Ju disse...

nem imagino a dificuldade que deve ser!
ah, como fica fácil entender um pouco melhor as mães agora, hein?
beijocas, lindona!
daqui a pouco tô aí apertando esse pedaço seu! =)