segunda-feira, 14 de julho de 2008

Amanhã vai ser outro dia


Apesar de você, apesar desse dia, apesar dessa gente, apesar de chover, apesar de cair, apesar de que, apesar dessa coisa, dessa moça, dessa fossa, desse samba, desse amor, dessa casa, desse cara, desse frio, dessa música, desse cheiro, dessa grama, desse cachorro, desse mendigo, desse garçon, desse jeito...

Só vou pra casa quando o dia clarear.

3 comentários:

A Riscar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Riscar disse...

Amada!

Gracas a Deus.

Assim como todo rio segue em direcao ao mar, todo amanha possui a poderosa faceta de ser um outro dia!

Te amo muito. E de outros dias em outros dias, rapidinho eu estarei ai.

Beijo da Tita.

prisqua disse...

ETA Linda! Acabei de ler seu email. Fiquei super feliz. Por aqui tá tudo bem, mas como você conhece aqui as coisas não acontecem tanto como ai...hehe. Tô voltando em outubro para Paris, ia amar te receber por lá. Você não tem ideia de como vc faz falta nas nossas idas ao bar..mas agora temos uma rigorosa fiscalização com direito a bafometro que tem dificultado nos idas ao bar. Quando vc volta? Ah, como a gente faz para ver seus filmes? Saudades (amei o texto que vc escreveu sobre saudade)Um beijo da Pri